quinta-feira, 18 de junho de 2009

A Colheita

A gente plantou esses tomates lá nas floreiras de casa, filhota.
E ensinei prá você que tudo que é feito com dedicação, com carinho e com fé, vinga.
Então, dia sim, dia não, lá estávamos nós : regando, tirando as folhinhas secas, afofando a terra, e vendo o milagre da Natureza diante dos nossos olhos.
Até que, finalmente, comemos a saladinha mais gostosa do mundo... a do fruto de nosso trabalho !

Ah... e quando o tomaterio estava carregadinho você resolver contar os tomates, e foi mais ou menos assim :

- Um, Dois, Três, ... Dez, Onze, Doze, CATREZE, ... ! ! !

6 comentários:

Layara disse...

rsssss....Maravilhoso!
Mamãe você é Mara-vilhosa!


Um beijo Lilás!

Mylla Galvão disse...

Eu tenho um sobrinho que conta assim: UM,DOIS, TRÊS, QUATRO,..., OITO, NOVE, DEEEEZZZ
Ele é muito arteiro e muito perguntador...
Igualzinho a sua filhinha linda... Esse olhar dela parece dizer assim: Que arte eu vou aprontar amanhã?

Bjo grande

Leandro Capilluppi disse...

Leio teu blog pra conseguir ser 1/3, pelo menos, do q vc é dedicada a tua filha...
bj
bom fim de semana!!

Patrícia Boudakian disse...

que delícia de leitura... bj

Dan disse...

Filho, pessoa que pula no nosso colo, que nos olha com carinho, que abre aqueles olhos esbugalhados e ri com aquele jeitinho maroto pedindo por amor e atenção.
Tempo. O tempo existe é só você encontar!!!

Dani disse...

Que blog mais fofo...
Adorei o CATREZE...hahaha

Vou estar aqui sempre...
Adoro tudo que vem da pureza de uma criança...
Acabo de fazer outro blog, lá vou contar todas as minhas, dos meus sobrinhos e de seus pais...que sao muitas...
Nunca fui boa na escrita, mas eu chego lá...
Catreze beijos pra vcs